Páginas

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Qual o valor de uma mulher?

Alguns dão nada, outros menos ainda. Uns arriscam em alguma coisa, o que com certeza é insuficiente. Mas poucos reconhecem o valor verdadeiro, não só de uma mulher, mas o dele próprio. Não vou te obrigar a me respeitar só porque sou uma mulher. Mas eu posso exigir o respeito de mim mesma. Não posso mandar você parar com essa ideia ridícula de que vou te dar alguma moral só porque você acha que me faria algum favor com beijo e me olha como se fosse tão fácil, mas nós sabemos que eu posso com certeza não ter a menor vontade de aproveitar isso pretenciosamente. Até porque me falta estômago.

O problema é que as mulheres exigem menos respeito do que lhes são dadas. Bem como os homens. Não tenho duvida de que é uma pena. Porque assim acaba contaminando e acostumando os homens e mulheres que já não se importavam com isso. Mas isso me deixa com duvidas, do tipo: beijar na boca ainda tem graça? relacionar-se é como? ou é o que? um uso descompromissado e sem sentido só por um prazerzinho momentaneo? falar que beijou uma pessoa estando com outra é divertido assim? é sério que é bom pra sua reputação?


A falta de noção do que o respeito se trata, a falta de saber o que de fato é o amor, tem mesmo feito as pessoas se levarem pra um precipício.
E eu já não aguento mais falar "com uma semana, não! não é amor!".

Eu realmente de saco cheio de gente idiota.

2 comentários:

Nájila disse...

você disse tudo !
e eu, assim como você...
tô cansada de gente idiota !


;*

Magda disse...

filha, vc saiu a mim... na forma de escrever... pra não dizer que é a Magda segunda... não pensei que Deus me desse de presente uma cópia tão real de mim.

amo vc!!!